Malakim – Arcanjos e Anjos


Hoje muito se fala sobre os Anjos. Mas o que ou quem são Eles? Qual a diferença entre Arcanjo e Anjo?


Na Kabbalah, estes seres são expansões do Criador, para a manutenção da Ordem Cósmica do Universo Manifestado. A criação do Universo é explicada por um sistema kabalístico chamado de Árvore da Vida, composta de 10 Esferas inteligentes. Cada uma delas, cumprindo seu papel pré-determinado na Criação, como se fossem departamentos de uma Grande Empresa, independentes mas interligados entre si, cada um com sua própria hierarquia.


Os seres Celestiais, que na língua hebraica são chamados de MALAK GADOL (Grande Anjo/Arcanjo) e MALAK (Anjo), mantêm a Ordem no Cosmo, como também conduzem os seres humanos ao retorno da pureza original, para a reintegração com D’us (Devekuth).


Anjo é uma palavra de origem grega, cujo significado é mensageiro ou intermediário, porém dentro da Kabbalah estes seres Celestiais são extensões de D’us e não somente intermediários.


Mas quantos seres Celestiais existem?


Noventa e quatro, divididos em dez Arcanjos, setenta e dois anjos subordinados aos Arcanjos e doze anjos zodiacais, além de outros seres que não são anjos, conhecidos como Gênios. Nove Arcanjos tem por razões kabalísticas, oito anjos subordinados cada um. Sendo que apenas o Arcanjo da décima esfera da Árvore da Vida, chamado Sandalphon, cuida dos Ishim (Almas), além da entrada e saída do plano superior. Ele também é conhecido com “O Escrivão“, pois tudo ele sabe sobre os atos humanos.


Os Nomes dos Setenta e Dois Anjos, conhecidos hoje por muitas pessoas, são retirados do Livro do Êxodo, Cap. 14, vers. 19, 20 e 21. Cada versículo escrito em hebraico é composto de setenta e duas letras, e combinando-as pela Kabbalah e colocando as terminações IAH e EL, formam o SHEMAHAPHORE, os nomes da Vida. IAH e EL são dois Nomes ou atributos de D’us, pois na Kabbalah o Criador tem Dez Nomes e que são necessários conhecê-los para as invocações de nossos Anjos Guardiões.


Cada grupo de oito Anjos, faz parte de um Coro Angelical regida por um Arcanjo.


Abaixo estão colocados em Ordem Hierárquica, o Nome do Arcanjo e seu respectivo Coro, tanto na concepção Cristã como na Hebraica:


1) Metatron – Serafins / Haioth hakadosh 2) Raziel – Querubins / Ophanim 3) Tzafkiel – Tronos / Aralim 4) Tzadkiel – Dominações / Hashimalim 5) Camael – Potestades / Serafim 6) Miguel – Virtudes / Malakim 7) Auriel – Principados / Eloim 8) Raphael – Arcanjos / Beni Eloim 9) Gabriel – Anjos / Kerubim


Estes Arcanjos e Anjos existem pelo simples fato de D’us existir. Ao seu filho perfeito (nós os seres humanos) designou um Anjo Guardião, para que entrássemos na Sintonia da Ordem Espiritual que existe dentro e fora de Nós. Eles nos protegem dos males que muitas vezes impedem a nossa Felicidade, cuida da nossa saúde, de nossos sentimentos, de nosso raciocínio e principalmente da nossa espiritualidade.

Dentro da Kabbalah, além do nosso Anjo Guardião, temos mais três anjos que ajudam-no nos planos Físico, Emocional e Mental.


O interessante dentro desta Ciência chamada Kabbalah, é que para encontrarmos o nosso Anjo Guardião é necessário conhecer os três ajudantes dele.


Acredito que você está se questionando porque algumas das informações aqui apresentadas divergem do que muito foi escrito, como por exemplo: porque Camael e não Samael ou Samuel; ou porque Auriel e não Anael; etc…


Sinto informá-lo que grande parte dos autores não se utilizam do conhecimento da Santa Kabbalah, e além de dizerem que são Anjos Cabalísticos nem ao menos sabem do que se trata. Longe de eu achar que posso em pouco tempo, contestar livros e livros já escritos sobre este assunto, meu intuito prior é instigar a sua Sede de Sabedoria, para que busque e saboreiem as respostas, pois somente desta maneira poderá descobrir a Verdade.


Não importa se você é um estudioso ou um leigo, pois sob o Olhar de D-us somos todos iguais.


Shalom.



Fonte: www.deldebbio.com

Posts Em Destaque