Sabão da Costa

Sabão da Costa


O sabão da Costa é de origem da Costa do golfo da Guiné, na África, sendo que lá seu nome é Osé Dudu. É usado em rituais tanto na África como no Brasil nos Cultos Afro-Brasileiros, no banhos e também para lavar todo o material ritualístico como quartinhas, ferramentas, joias... tirando assim toda e qualquer energia deixada por quem manuseou anteriormente esses objetos.

O sabão tem por função a limpeza do corpo físico e da aura e especialmente de sua camada mais próxima ao corpo físico, retirando larvas astrais e miasmas. Além de ser usado para o descarrego, pois promove uma profunda limpeza corporal, atua também no combate a caspa,cravos, espinhas, manchas escuras, coceiras e fungos do couro cabeludo, além de controlar o mau cheiro produzido pelo suor.

Utilizado antes de dormir, seu banho propicia uma limpeza profunda, descarregando os mau fluídos adquiridos durante o dia, obtendo assim um sono tranquilo.

É um sabão sólido, de cor pardo-escura tendendo ao preto e o perfume amadeirado, feito com ervas medicinais. Sua composição original é secreta, mas muitos Axés, preparam seu próprio sabão da costa.


Relatos indicam que seu uso vem desde a época de 1620, quando já era importado para o Brasil, pois era o preferido dos escravos e libertos. Ele era oriundo de uma área entre Gana e Camarões, e principalmente da Nigéria, da República do Benim e do Togo.

A palavra SABONETE é incorporada ao português somente na virada para o século 19 quando no Brasil ―tudo era ―francês e o sabonete dos franceses é aportuguesado.

O Sabão da Costa mantém o nome sabão por uma questão de tradição.


Você pode adquirir o seu clicando aqui.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Black Instagram Icon
  • Google+ Basic Square

© 2026 por Sete Luzes.