Curso Intensivo de Vida!


Sobre vida! Tenho percebido a sede que paira no ar.

A princípio, pensei eu em minha tola ingenuidade de que todos os que buscavam o Despertar, estavam realmente buscando seu caminho. Mas eu precisava aprender a lição de que, alguns ainda caminham o caminho da ilusão.

Ainda temos muitos seres que apenas querem acumular conhecimento, títulos, certificados, tronos!

Fazem cursos mil com inúmeras denominações, classificações, níveis, estágios, pagam fortunas para terem aquele determinado diploma pendurado na parede, em exibição para o público. Assim sentem-se importantes! Muitos sequer conhecem os fundamentos ou sabem se realmente existem. Quem são as bases desses saberes, de onde saíram, ou se foram apenas inventados por meros mercadores de fé para ludibriar a humanidade em seu mais profundo significado. Outros então são os que mais apontam dedos e julgam se colocam em um pedestal de sabedoria adquirida, apenas por ter um mero diplominha a mais. São os que mais têm preconceito contra os excluídos, mas levam presentinhos de Natal. São os que não gostam da cor da pele, da religião, da sexualidade, da vida do outro sendo o que é: vida do outro.

Falam mal da música, da cultura ou falta de, da beleza em todos seus padrões, excluem de suas vidas por terem cabelo “ruim”, por serem amarelos, carecas, mantendo apenas a vida num total estereótipo, mas dizem com toda certeza absoluta que não estão mais na matrix, hoje são a casta da quinta dimensão.

Valha-me Deus!

Todos querem tudo o que o papel traz e algumas horas de curso ou vivência, pensando que se tornarão experts apenas porque conseguiram um papel, mas não compreendem que há um caminho a ser seguido e apenas com pés descalços, ele nos entregará algum saber. Esse caminho apenas nos presenteará com a maestria quando houver entrega e essa entrega acontece quando largamos as mãos, quando nos deparamos com nossa vulnerabilidade e a aceitarmos, sem nos sentir menores com isso. Só seremos presenteados com o melhor do mundo, quando formos melhores para o mundo e isso passa por nos vermos como iguais a todos, passa pela delicadeza e do não julgamento, passa pelos olhos nos olhos e pelo abraço sem motivo.

De nada adianta termos todos os tipos de cursos e certificados se não nos alinharmos com o primeiro propósito de todos eles, ainda que não pratiquem em seus diários dourados de um (a) bom (a) terapeuta: “amai ao próximo como a ti mesmo”, ou seja, pratique amor incondicional!

Então, pra você que pretende fazer o Despertar ou qualquer outro curso ou vivencia que te coloque como cuidador do outro, pense, repense e veja se você está disponível à sua vulnerabilidade, pois somente assim vai compreender o amor incondicional e esse é peça chave para o Benzer, ou, se apenas está em busca de mais um diplominha. Claro que para tudo, principalmente aprendizados, há um caminho e, se vai ser longo ou curto, depende da sua entrega.

Você está disponível para sua vulnerabilidade e para entregar-se diariamente ao amor incondicional?


Fonte: http://nossosagradofeminino.blogspot.com.br/

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Black Instagram Icon
  • Google+ Basic Square

© 2026 por Sete Luzes.